Após reunião, diretor da Geres confirma: Duque ficou com a pavimentação do Samu

5 de fevereiro de 2014
Por

Confirmando as informações repassadas pelo deputado estadual Sebastião Oliveira (PR), na semana passada, o coordenador da XI Geres (Gerência Regional de Saúde), Clóvis Carvalho, disse, durante entrevista a rádio A Voz do Sertão AM, que inexiste qualquer pactuação entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Serra Talhada garantindo que a pavimentação do acesso à central de regulação do Samu na cidade seja de responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde.

Recentemente, o secretário municipal de Saúde, Luiz Aureliano, havia dito que o atraso na entrega da obra estava ocorrendo porque a gestão Eduardo Campos não havia começado a pavimentar a pista que ligará o Samu à BR-232. Segundo Clóvis Carvalho, na realidade, o que houve foi um pedido informal do município para que o Governo do Estado ajudasse a prefeitura na construção do acesso.

“Sobre a questão do acesso (à BR-232), durante a nossa conversa com o secretário estadual de Saúde (Antônio Figueira), o prefeito Luciano Duque, o secretário municipal (Luiz Aureliano) e eu, o prefeito pediu para que o Governo do Estado ajudasse no acesso. O secretário (estadual de Saúde) intercedeu inclusive junto ao DER (Departamento de Estradas e Rodagens), mas isso foi só um pedido, não foi uma pactuação e nem uma obrigação”, esclareceu Clóvis Carvalho.

Diante o esclarecimento, os holofotes voltam-se exclusivamente para os trabalhos da Prefeitura de Serra Talhada, a qual deverá terminar as obras de pavimentação para, enfim, anunciar a data de entrega da central de regulação. Os trabalhos de terraplanagem já começaram. A inauguração do Samu na Capital do Xaxado foi adiada pelo Governo Luciano Duque, pelo menos, três vezes.

SAIBA MAIS

Na semana passada, o deputado estadual Sebastião Oliveira foi duro com o governo Luciano Duque ao cobrar do gestor responsabilidade pela “incompetência” e “desorganização” em relação às obras do Samu em Serra Talhada. Falando a rádio A Voz do Sertão AM, o parlamentar lembrou – como Clóvis Carvalho – que não existe nenhuma pactuação garantindo que o acesso ao Samu ficaria a cargo do governo estadual.

“Eles (Governo Municipal) estão pagando por erro de estratégia, erro da escolha do terreno e erro de desorganização no cronograma. Foi repactuado para o Samu ser entregue dia 15 de janeiro, e na realidade, na carta de intenções entre o Governo do Estado e o município em momento algum reza (ao Governo do Estado) o acesso àquele terreno, que pertencia a um empresário de Serra Talhada que o cedeu em troca de apoio ao prefeito Luciano Duque”, reforçou Sebastião.

Tags: , , ,

7 Respostas para Após reunião, diretor da Geres confirma: Duque ficou com a pavimentação do Samu

  1. paulo (legitimo) on 5 de fevereiro de 2014 às 18:58

    Agora a verdade apareceu… vai pedir a dilma prefeito, cadê a estrada de serra talhada a Brasília? construiram ainda não? o senhor que diz ter milhões guardado nos cofres públicos; solta pra fora ou é conversa pra boi dormi kkkkkkkkkkkk

  2. Celi on 5 de fevereiro de 2014 às 19:36

    ESTE PREFEITO TRATA OS SERRATALHADENSES COMO PUBLICO DE CIRCO, POIS O QUE ANDA FAZENDO NA ADMINISTRAÇÃO DE SERRA TALHADA É UMA PALHAÇADA. PROMETE E NÃO CUMPRE, SEMPRE ASSIM. ISSO ENCHE AS PESSOAS DE ESPERANÇA, MAS LOGO ELE VEM COM DESCULPAS E REAJUSTANDO DATAS. QUANDO AS PALAVRAS DO PREFEITO VÃO SER PALAVRAS VERDADEIRAS. NADA QUE PROMETEU ESTA CUMPRINDO, JA ESTAMOS A UM ANO E UM MES DE GOVERNO PETISTA E É UM VERDADEIRO DESASTRE.

  3. eleitor chateadíssmo on 5 de fevereiro de 2014 às 19:46

    Alelua que a verdade apareceu!

    APARECEU

    Enquanto iso tava o secretário desse prefeito fraco,e na cara mais lavada. botando a culpa
    no Governo do estado.

    Bixo, é tal de luciano duque é brincadeira…

  4. Ronivon on 5 de fevereiro de 2014 às 19:55

    a Prefeitura prometeunoottbook aos professores e só foi balela.só promessas

  5. maria on 5 de fevereiro de 2014 às 21:54

    eu já sabia de tudo isso kkkkkkkkkk e mas com um secretario deste é mesmo para ele se eleger novamente kkkkkkkkachas q o povo de serra é mas besta.secretario

  6. BOLINHA on 6 de fevereiro de 2014 às 10:14

    NÓS SABÍAMOS QUE ERA SÓ BALELA DO PREFEITO E DO SECRETÁRIO DE SAÚDE, ATÉ PORQUE COMO IAM INAUGURAREM O SAMU SEM TREINAMENTO DE PESSOAL, AMBULÂNCIAS E ETC?
    O ANO PASSADO FOI DE PLANEJAMENTO E ESSE VAI SER DE QUE MESMO, PERGUNTAR NÃO OFENDE?

  7. Kleyton on 6 de fevereiro de 2014 às 11:10

    Como publiquei, eu já sabia que aí tiiinha. Pois o terreno foi doado por esse empresário, no mínimo ele tem mais terrenos, com a pavimentação do acesso, asfaltado, os outros terrenos irão subir feito pipas!!. Aí vem o prefeito colocar a culpa no governo do estado? Quer isso prefeito! Se o senhor ganhou o terreno e escolheu ser ali o tão sonhado e tão cheio de capítulos, SAMU, o senhor que banque a estrada, será o apoio ao seu amigo que o doou o terreno!! Daqui a pouco o senhor vai querer o jatinho de Eduardo para viajar! SÓ ESPERAMOS QUE O SENHOR E O SECRETÁRIO CONTINUE DO JEITO QUE TÁ, POIS ESTAMOS DE OLHO, SE PARAR O QUE AGORA PARECE ESTÁ ANDANDO, A GENTE ABRE A BOCA AO PÚBLICO PERNAMBUCANO TODO, ACHO QUE ISSO NÃO SERÁ BOM PRO “PT” NÃO, HEIN!! Defina as datas, exibam mais trabalhos ao povo, digam que irão convocar o restante dos selecionado tal dia, e definam o dia da inauguração, mas sem mentiras. Isso trará MORAL ao seu governo, saibam trabalhar!! Será que vou ter de ensinar como vocês fazerem política????

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *